Dormir bem importa?

adult-bench-business-man-272064

Ao final da leitura do texto a seguir, você deve ter uma resposta para essa pergunta:

“O sono é uma das coisas que um ser humano não vive sem, e muitas pessoas não dão o devido valor a ele, não procuram dormir na hora correta e a quantidade corre- ta que se deve ter para um corpo poder descansar o suficiente, muitos pensam que basta dormir pouco para poder ter mais tempo produzindo suas atividades sejam elas quais forem. O corpo humano precisa de um tempo certo para o seu descanso, caso contrário pode afetar fisicamente o seu corpo e também psicologicamente e do mesmo jeito que dormir pouco atrai problemas o excesso de horas dormidas também nos pode afetar de outras maneiras e justamente por isso que a faixa média de tempo para cada pessoa varia de acordo com a sua idade.

(…)

A qualidade do sono de uma pessoa é um dos fatores que mais influencia no dia a dia dela, segundo pesquisas, em média, a maioria das pessoas precisa dormir entre sete e oito horas de sono para que o corpo funcione bem, a depender, essa quantidade pode variar pouco em relação com sua idade. Com o passar do tempo e a evolução da tecnologia, vão surgindo entretenimentos que prendem inúmeras pessoas ao redor do mundo por meio da tecnologia.

(…)

Devido ao uso não controlado de novidades tecnológicas muitos acabam dormindo pouco e nem se dão conta do que isso pode prejudicar na saúde. Foi constatado que pessoas do século atual dormem uma hora a menos por noite do que as pessoas de um século atrás, não porque precisamos de menos sono, mas devido a evolução tecnológica e não só ela a evolução da humanidade também vem junto com suas gigantescas ‘cidades que não dormem’.

(…)

A falta de sono, como visto anteriormente, pode causar muitas alterações no corpo como por exemplo:

Afetar o emagrecimento – durante o sono nosso organismo produz a leptina, um hormônio capaz de controlar a sensação de saciedade ao longo do dia. Por isso, pessoas que dormem pouco produzem menores quantidades desse hormônio;

Enfraquece a imunidade – durante o sono acontecem diversos processos em nosso organismo, dentre elas a produção de anticorpos. De acordo com um estudo da universidade de Chicago (EUA), dormir pouco reduz a função imune e o número de leucócitos, células responsáveis por combater corpos estranhos em nosso organismo;

Afeta o metabolismo – As mudanças no ciclo do sono podem atrapalhar a síntese dos hormônios de crescimento e do cortisol, já que ambos são produzidos enquanto dormimos.

Leva ao envelhecimento precoce – Os hormônios “rejuvenescedores” como a melatonina e o hormônio do crescimento. Os maiores resultados disso são uma pele sem viço e com olheiras. O estresse provocado pela falta de sono também favorece o aparecimento de rugas.”

CARDOSO, T. CHAGAS, L. Saúde do sono: a importância do sono no dia a dia. Universidade Tiradentes – UNIT. Aracaju. 2019.

PARA LER ESTE ARTIGO NA ÍNTEGRA, ACESSE:

https://periodicos.set.edu.br/index.php/cadernoexatas/article/view/6685/3242

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s